Rota das Maias

  • A rota inicia em Cabeça de Mouro e desenrola-se pelas aldeias da freguesia de Cabeça Boa, nomeadamente Cabeça Boa, Cabanas de Baixo e Foz do Sabor.

    Durante o percurso destacam-se as magníficas paisagens sobre o Vale Vilariça, a Serra do Roboredo, a sede de concelho, o escalão jusante da Barragem do Baixo-Sabor, o Rio Douro e a foz do Rio Sabor.

     

    Características

    Localização: Cabeça Boa,Torre de Moncorvo
    Extensão: 10,5 Km
    Duração média a pé: 3 horas
    Dificuldade: Média
    Âmbito: Desportivo,Cultural e Ambiental

     

    RECOMENDAÇÕES AO CAMINHANTE

    • Informe-se sobre as condições meteorológicas locais.
    • A preparação física deve ser adequada ao percurso que vai fazer.
    • O equipamento, a levar, deve tomar em consideração as condições meteoroló- gicas e a duração da caminhada.
    • Não parta excessivamente vestido.
    • A hora de partida deve ser tomada em conta para que o percurso seja per- corrido durante o dia.
    • Ande lenta e progressivamente sem se cansar.
    • Caso seja apanhado por alguma dificuldade, meteorológica ou outra, deve manter a calma e se necessário abortar a caminhada. Durante um temporal, abandone os cumes das montanhas e os pontos expostos, não se abrigue debaixo de árvores e liberte-se de objectos metálicos.
    • Recorra às novas tecnologias e faça por manter sempre o contacto com alguém que esteja em zona povoada.
    • Seja sincero consigo mesmo e não se sobrevalorize. Evite riscos inúteis.
    • Mantenha-se sempre concentrado.
    • Coma pouco e muitas vezes e beba de modo a nunca sentir fome ou sede.
    • Quando a caminhada é feita em grupo, não permita que este se disperse demasiado. O contacto visual entre os elementos do grupo é fundamental.
    • Atenção, durante a época de caça, alguns percursos podem ser perigosos.

     

  • Capela do Espírito Santo

    Capela transladada, recentemente, de junto da escola primária para o cimo do monte. A transladação foi efetuada pelos habitantes da aldeia, sendo que a trave mestra da capela é um zimbro.

    Chafariz/Bebedouros

    Chafariz/Bebedouros e lavadouros públicos – em 1952 foram construídos os tanques que servem de fontanário e de bebedouros dos animais e os lavadouros públicos onde a população vai ainda lavar a roupa.

    Nossa Senhora das Neves

    Nossa Senhora das Neves, em 1950 e 1951 sofreu obras de remodelação sendo ampliada para Igreja. Para esta remodelação foram usadas as pedras das ruinas da Igreja de S. Salvador, nomeadamente as colunas do telhado, torre do sino e a cabeça de mouro, cuja lenda dá nome à aldeia. Cruzeiro – foi edificado em 1944 por uma senhora da aldeia que gostaria de deixar um marco na freguesia.

    Igreja Matriz de S. Brás

    Igreja Matriz de S. Brás – no seu interior é constituída por 4 altares sendo o mais importante o altar-mor e altar do Santíssimo onde está também S. Brás, padroeiro da aldeia. A igreja foi construída durante o século XVIII, sendo até então o culto praticado na Capela de Nossa Senhora do Rosário.

    Capela S. Luís

    Cabanas de Baixo Capela de S. Luís – construída no início do século XIX, sofreu obras de ampliação e criação da sacristia em 1969 e mais recentemente com a construção da torre sineira. A capela é dedicada a S. Luís e usada para celebração de missa na aldeia.
    Praia Fluvial Foz do Sabor

    Praia Fluvial Foz do Sabor

    Espaço de lazer situado na confluência dos rios Sabor e Douro. Dispõe de cais de atracagem, parque de merendas e de uma paisagem maravilhosa sobre os dois rios

    ver mais

    • Capela do Espírito Santo

      Capela transladada, recentemente, de junto da escola primária para o cimo do monte. A transladação foi efetuada pelos habitantes da aldeia, sendo que a trave mestra da capela é um zimbro.
    • Chafariz/Bebedouros

      Chafariz/Bebedouros e lavadouros públicos – em 1952 foram construídos os tanques que servem de fontanário e de bebedouros dos animais e os lavadouros públicos onde a população vai ainda lavar a roupa.
    • Nossa Senhora das Neves

      Nossa Senhora das Neves, em 1950 e 1951 sofreu obras de remodelação sendo ampliada para Igreja. Para esta remodelação foram usadas as pedras das ruinas da Igreja de S. Salvador, nomeadamente as colunas do telhado, torre do sino e a cabeça de mouro, cuja lenda dá nome à aldeia. Cruzeiro – foi edificado em 1944 por uma senhora da aldeia que gostaria de deixar um marco na freguesia.
    • Igreja Matriz de S. Brás

      Igreja Matriz de S. Brás – no seu interior é constituída por 4 altares sendo o mais importante o altar-mor e altar do Santíssimo onde está também S. Brás, padroeiro da aldeia. A igreja foi construída durante o século XVIII, sendo até então o culto praticado na Capela de Nossa Senhora do Rosário.
    • Capela S. Luís

      Cabanas de Baixo Capela de S. Luís – construída no início do século XIX, sofreu obras de ampliação e criação da sacristia em 1969 e mais recentemente com a construção da torre sineira. A capela é dedicada a S. Luís e usada para celebração de missa na aldeia.
    • Praia Fluvial Foz do Sabor

      Praia Fluvial Foz do Sabor

      Espaço de lazer situado na confluência dos rios Sabor e Douro. Dispõe de cais de atracagem, parque de merendas e de uma paisagem maravilhosa sobre os dois rios

      ver mais