Rota da Fonte do Gil

  • A Rota da Fonte do Gil tem início na Praça da Igreja, desenrola-se por caminhos bastante antigos e termina na Fonte do Gil, que dá o nome a este percurso pedestre.
    De destacar a passagem por locais históricos e emblemáticos da aldeia de Carviçais como a Calçada da Fonte do Gil, a Fonte do Gil, as Escadas de Carcavão, a Canelhinha do Fogo, as Minas do Lagar Velho, a Fraga da Raposa e a Fraga dos Pelames.
    Durante a caminhada podem ser apreciadas as maravilhosas paisagens mas também o património histórico e cultural aí existente.

    Características

    Localização: Carviçais, Torre de Moncorvo
    Extensão: 4 Km
    Duração média a pé – 1h30
    Dificuldade – Média baixa
    Âmbito – Desportivo, Cultural e ambiental
    Época Aconselhada – Primavera e Outono

     

    RECOMENDAÇÕES AO CAMINHANTE

    • Informe-se sobre as condições meteorológicas locais.
    • A preparação física deve ser adequada ao percurso que vai fazer.
    • O equipamento, a levar, deve tomar em consideração as condições meteoroló- gicas e a duração da caminhada.
    • Não parta excessivamente vestido.
    • A hora de partida deve ser tomada em conta para que o percurso seja per- corrido durante o dia.
    • Ande lenta e progressivamente sem se cansar.
    • Caso seja apanhado por alguma dificuldade, meteorológica ou outra, deve manter a calma e se necessário abortar a caminhada. Durante um temporal, abandone os cumes das montanhas e os pontos expostos, não se abrigue debaixo de árvores e liberte-se de objectos metálicos.
    • Recorra às novas tecnologias e faça por manter sempre o contacto com alguém que esteja em zona povoada.
    • Seja sincero consigo mesmo e não se sobrevalorize. Evite riscos inúteis.
    • Mantenha-se sempre concentrado.
    • Coma pouco e muitas vezes e beba de modo a nunca sentir fome ou sede.
    • Quando a caminhada é feita em grupo, não permita que este se disperse demasiado. O contacto visual entre os elementos do grupo é fundamental.
    • Atenção, durante a época de caça, alguns percursos podem ser perigosos.
  • Praça da Igreja

    Situada no centro da aldeia a praça da Igreja está rodeada de antigas acácias e lingustres, encontrando-se ao seu redor a Igreja Matriz, a Fonte da Praça, a Capela de Santo Cristo e o urinol cilíndrico.

    Calçada da Fonte do Gil

    Calçada utilizada desde os tempos passados para chegar à Fonte do Gil.
    Fonte do Gil

    Fonte do Gil

    Datada de 1735 esta fonte é de estilo barroco jesuítico. É composta por chafariz todo em granito com dois tanques em pedra. Usada antigamente como fonte, onde a população ia buscar água, e também famosa por ser local de encontro dos namorados. Diz-se também que quem bebesse daquela água ficaria apaixonado pela terra e nunca mais a deixaria.

    ver mais

    Minas do Lagar Velho

    Antigas minas de volfrâmio datadas da época da II Guerra Mundial. Em tempos passados estas minas foram exploradas por uma empresa alemã, o volfrâmio extraído embora em pouca quantidade era de alta qualidade. Ao longe avistam-se ainda as ruínas da antiga lavaria.

    Fraga da Raposa

    Fraga com numa grande pala onde se via por ali muitas vezes uma raposa.
    • Praça da Igreja

      Situada no centro da aldeia a praça da Igreja está rodeada de antigas acácias e lingustres, encontrando-se ao seu redor a Igreja Matriz, a Fonte da Praça, a Capela de Santo Cristo e o urinol cilíndrico.
    • Calçada da Fonte do Gil

      Calçada utilizada desde os tempos passados para chegar à Fonte do Gil.
    • Fonte do Gil

      Fonte do Gil

      Datada de 1735 esta fonte é de estilo barroco jesuítico. É composta por chafariz todo em granito com dois tanques em pedra. Usada antigamente como fonte, onde a população ia buscar água, e também famosa por ser local de encontro dos namorados. Diz-se também que quem bebesse daquela água ficaria apaixonado pela terra e nunca mais a deixaria.

      ver mais

    • Minas do Lagar Velho

      Antigas minas de volfrâmio datadas da época da II Guerra Mundial. Em tempos passados estas minas foram exploradas por uma empresa alemã, o volfrâmio extraído embora em pouca quantidade era de alta qualidade. Ao longe avistam-se ainda as ruínas da antiga lavaria.
    • Fraga da Raposa

      Fraga com numa grande pala onde se via por ali muitas vezes uma raposa.