Convento da Lousa

  • 01
  • 02

Ruínas do antigo convento da Santíssima Trindade, fundado no séc. XV, tendo sido vendido no decorrer do séc. XIX, aquando da extinção das ordens religiosas masculinas. As instalações serviram a partir daí como fábrica de sedas, acabando a igreja do mesmo por servir como corte do gado.
Atualmente parcos são os vestígios visíveis no local, dos quais se destaca a cisterna, restos da parede lateral nascente da Igreja, e alguns troços da cerca. Existem, porém, vários elementos arquitetónicos dispersos pela povoação, nomeadamente bases de coluna, fustes, epígrafes, a pia batismal, tendo as pedras e silhares de granito servido como material de construção para casas de habitação e outras construções rurais. As imagens da igreja encontram-se atualmente na igreja Matriz, sendo de realçar a Nossa Senhora dos Remédios.
No limite da antiga cerca do convento, numa elevação que lhe fica do lado Poente, encontram-se as ruínas de um moinho de vento, de planta circular.