Fundos e Coleções

O Museu apresenta uma vasta coleção de materiais provenientes do antigo Museu do Ferro criado pela empresa Ferrominas, EP., onde se podem observar vários equipamentos usados nas minas, no século XX, incluindo peças de laboratório.

Na coleção IPPAR – COAI, destacam-se alguns objetos da arqueologia Industrial Portuguesa, que se encontram em depósito mediante protocolo.

O núcleo de arqueologia é composto por algumas estelas funerárias romanas, diversas pedras decoradas da época medieval, milhares de fragmentos de cerâmica, ossos (essencialmente de animais) e objetos metálicos, procedentes de prospeções e escavações realizadas no concelho de Torre de Moncorvo, desde os inícios da década de 80.

A coleção de geologia destaca-se pelas várias amostras de rochas e minerais.

A coleção de etnografia é composta por objetos provenientes de antigas forjas, (ferraduras, relhas, etc.) e alfaias agrícolas.

O Centro de Documentação é composto por vários fundos documentais, fotográficos e bibliográficos, realçando-se o fundo Engª Monteiro de Barros.

(MFRM/N. Campos)