História

As raízes deste projeto remontam ao final do século passado, estando intimamente ligada à doação de fundos ao Município por parte dos herdeiros do Prof. Santos Júnior, do Embaixador Armando Martins Janeira, e do Padre Joaquim Manuel Rebelo, bem como da vontade de várias pessoas e famílias de entregarem livros, documentos e outros objetos, ficando provisoriamente no edifício da Biblioteca Municipal.

Para a sua concretização, em 2002 o Município decide adquirir um espaço contíguo às instalações da Biblioteca e Arquivo Municipal. Entre 2003 e 2008, decorrem as obras de remodelação e adaptação do espaço, com um investimento total superior a 400 mil euros, sendo cofinanciado em 195 mil euros pelo PO Norte (Programa Operacional o Norte).

Em 1 de Março de 2008 o Centro de Memória de Torre de Moncorvo é finalmente inaugurado. Desde esta data o Centro de Memória tem enriquecido as suas coleções com a doação de diversos fundos pessoais e familiares, institucionais, empresariais, temáticos e digitais. Tem igualmente realizado diversas atividades dentro do seu âmbito, tanto dentro como fora de portas: exposições de diversas temáticas, recolhas, colaboração em várias publicações, visitas guiadas, colaboração com investigadores e instituições nacionais e internacionais, constituição e apoio a diversos projetos de investigação.